Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
9 ANO "A" - "B" - "C"  (17-10-2017)
1 TEC. ADM.  (15-10-2017)
3 ANO "A"   (15-10-2017)
GEOEDUCAÇÃO  (11-10-2017)
ENQUETE
Qual turma mais acessa este site?
7o Ano 'B' - Polivalente
7os Anos
9os Anos
1o Ano 'A'
2o Ano 'A'
3o Ano 'A'
1o Ano Integrado 'A'
2o Ano Integrado 'A'
Ver Resultados




ONLINE
2





Partilhe este Site...

 

 

 

 

 

 

 

 Logomarca Bonito HI Hostel - Albergue da Juventude

  

     

 

 

 

 

 

 

 

 

   

PENSAMENTOS GEOGRÁFICOS do PIBIDIANO DE GEOGRAFIA JÚNIOR CESAR 

 

"Pra você que faz cara feia quando eu digo que faço GEOGRAFIA ou solta um "Hum, que legal" extremamente irônico...

Só tenho a dizer que a amplicidade dessa ciência me torna a cada dia uma pessoa melhor e aumenta ainda mais o meu amor pelas diversas Geografias que rodeiam a todos. ...   Minha graduação me permite ousar a te falar um pouco sobre o universo ou da formação da Terra. Posso te explanar sobre a dicotomia do urbano X rural ou te fazer me odiar falando de política.   Posso ainda demonstrar como a dispersão dos biomas estão intimamente ligados à composição do solo, ao clima e dentre outros fatores.   Posso te ensinar a diferença de clima e tempo e te fazer perceber o quanto é engraçado quando você diz "Como está o clima hoje?" e te aborrecer falando de economia ou dos males do capitalismo.   Posso mostrar rochas, minerais e o dinamismo das formas e estruturas do relevo.   Posso ainda, descobrir contigo outras cidades, estados, países e continentes, e outros planetas também!   Conto histórias também, do PR, do Brasil e do mundo e quebro a cabeça com problemas matemáticos da nossa amiga Cartografia.   Questiono os problemas da educação geográfica e modifico meu modo de ensinar, para despertar a busca sagaz em aprender Geografia.   São tantas ciências que a Geografia engloba, que posso ter me esquecido de algo que está ao meu domínio. Mas é isso, não existe uma ciência melhor do que a outra, mas se existisse, a Geografia seria uma forte candidata!   A Geografia mexeu comigo e me fez amá-la incondicionalmente.   Enfim, a Geografia é uma mãe que te acolhe e te faz refletir, questionar e propor soluções para o mundo. Ela está em toda parte, até mesmo dentro de você."

 

 

 

 

 

 

 


UMA OUTRA EDUCAÇÃO É POSSÍVEL?



 


 

 

 

 

 

 

 

 

  

IMAGINE UMA MENINA COM CABELOS DE BRASIL

 

  

 

 

 

 

 

Dez documentários essenciais para discutir educação

Produções abordam os principais problemas da escola tradicional e enriquecem o debate sobre o papel da instituição na formação de cidadãos

 

Diferentes das produções do cinema hollywoodiano, documentários buscam registrar com fidelidade o assunto escolhido pelo diretor. No geral, essas produções acompanham pessoas comuns, contestando sua realidade e a sociedade na qual estão inseridas. Para enriquecer a discussão sobre o ensino no Brasil, a Gazeta do Povo listou os melhores documentários cujo fio condutor é a educação. Confira.

 

Carregadoras de Sonhos (2010) 

 

Em 2009, o cineasta baiano Deivison Fiuza tinha um grande desafio em suas mãos: retratar a rotina e a vida de quatro professoras de escolas públicas do interior do Sergipe, mostrando as dificuldades do magistério em um sistema educacional precário como o brasileiro. Além de escancar os problemas estruturais das escolas do país, "Carregadoras de Sonhos" aborda temas como transporte público, pobreza e abandono familiar. 

 

 

 

 

A Educacao Proibida (2012) 

 

Produzido a partir de financiamento coletivo, o documentário 'A Educação Proibida' foi um sucesso de público. Colocada à disposição na internet, a produção atingiu a impressionante marca de 5 milhões de visualizações em apenas dois meses. 

O documentário critica o modelo de ensino "prussiano", vigente em todo o mundo, e procura ouvir educadores fora do sistema tradicional de ensino. Segundo o diretor Germán Doin Campos, em entrevista ao jornal argentino Clarín, "a maioria não é acadêmica. Eles concebem a educação de uma forma mais humana". 

 

 

Sementes do Nosso Quintal (2012) 

 

Uma escola sem a tradicional separação por séries, que ensina de forma lúdica, além de conectada à natureza e aos animais: essa é a Te Arte, instituição protagonista do documentário 'Sementes do Nosso Quintal'. 

O filme mostra o funcionamento do projeto idealizado pela educadora Therezita Pagani, que utiliza de uma metodologia chamada por ela como "anti-método", ensinando arte, literatura, música e cultura popular brasileira de forma simples e conectada à realidade das crianças. 

 

 

 

Nunca Me Sonharam (2017) 

 

Ouvir os estudantes. Essa é a fórmula de 'Nunca Me Sonharam', produção que traz relatos de jovens estudantes do ensino público nacional, traçando um panorama do ensino médio e questionando o papel da escola na formação dos jovens brasileiros. 

A produção expõe a falência da educação brasileira e busca dar voz aos sonhos dos jovens estudantes, que mostram determinação em protagonizar a história de suas próprias vidas. 

Segundo o diretor, Cacau Rhoden, "o filme fala sobre a juventude num país que não escuta os jovens, e sobre a importância e a magia do conhecimento". 

 

 

 

 

Quando Sinto Que Já Sei (2014)

 

 

"Quando Sinto Que Já sei" buscou dez exemplos de escolas alternativas espalhadas pelo Brasil, com o objetivo de mostrar diferentes abordagens para potencializar o aprendizado dos estudantes. 

As dez iniciativas trazem relatos de crianças, professores e gestores impactados por essas instituições, baseadas no revolucionário projeto português 'Escola da Ponte', que prioriza o trabalho em equipe e não divide alunos em séries: jovens de 6 a 10 anos estudam juntos, promovendo a troca de conhecimentos a partir de pesquisa e apresentação dos próprios alunos. 

 

 

Pro Dia Nascer Feliz (2007) 

 

Dirigido por João Jardim, o documentário "Pro Dia Nascer Feliz" investiga o comportamento de adolescentes em colégios brasileiros, ouvindo alunos de várias classes sociais, levantando discussões sobre temas como violência, relação entre aluno e professor e desigualdade social. A produção venceu três prêmios no Festival de Gramado de 2006, nas categorias de Melhor Filme, Melhor Música e Prêmio Especial do Juri.

 

 

 

 

Esperando Pelo Super Homem (2010) 

 

Focado nas histórias de professores, crianças e de cinco famílias norte-americanas, "Esperando Pelo Super Homem" expõe as deficiências do sistema educacional dos EUA. Recheado de animações e gráficos de fácil assimilação, além de mostrar estatísticas assustadoras; até 2020, somente 50 milhões de americanos terão formação necessária para preencher 123 milhões de empregos com formação qualificada -, o longa-metragem é considerado como "doloroso" ao escancar a necessidade de uma reforma no modelo americano. O documentário está presente no catálogo do Netflix. 


 

Ser e Ter (2002) 

 

Ser e Ter (Être et avoir) tornou-se um sucesso de público no segundo semestre de 2002, trazendo como protagonistas o professor Georges Lopez e o menino Jojo, de 4 anos. O filme mostra a realidade de uma escola em um pequeno vilarejo francês com apenas 200 moradores, e o esforço de professores do ensino fundamental da comuna francesa de Saint-Étienne-sur-Usson em ajudar crianças no começo de sua alfabetização. 

 

 

 

 

Mitã. Criança Brasileira. (2013) 

 

'Mitã' significa criança, na língua guarani. Inspirado nos estudos da educadora Lydia Hortélio, o filme busca caminhos para a reinserção da infância em meio à natureza e ao convívio das crianças entre elas mesmas. "Favorecer o desenvolvimento da cultura da criança", como defende Hortélio, trazendo os quintais, a terra e as plantas ao convívio de jovens criados em meio aos playgrounds dos condomínios fechados. 

 

 

 

Girl Rising (2013) 

 

Nove histórias com um obejtivo comum: vencer a pobreza e as injustiças sociais e econômicas a partir da educação. "Girl Rising" aborda a história de nove garotas, em países como Nepal, Peru e Etiópia, que buscam a oportunidade de frequentar a escola e têm suas histórias narradas por celebridades de Hollywood, como Meryl Streep e Kerry Washington. 

 

 

 

 

 

 

 

 

Resultado de imagem para SIMPOSIO DE GEOLOGIA EM PONTA GROSSA

 

 planeta02

topo